O que é comida orgânica e seus reais benefícios para a saúde
16966
post-template-default,single,single-post,postid-16966,single-format-standard,theme-bridge,bridge-core-2.2.9,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,columns-3,qode-child-theme-ver-1.0,qode-theme-ver-21.6,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.2.0,vc_responsive
 

O que é comida orgânica e seus reais benefícios para a saúde

cesta organica tomate organico frigideira

O que é comida orgânica e seus reais benefícios para a saúde

Nos últimos anos, tem havido uma preocupação crescente em saber o que comemos e como isso afeta nossa saúde. Diante dessa situação, o consumo de produtos orgânicos e quais são seus reais benefícios para a saúde vem sendo discutido por cada vez mais pessoas.

E apesar de ser uma tendência mesmo sendo produtos um pouco mais caros que os convencionais, muitas pessoas estão optando por esse estilo de vida mais saudável.

Conheça um pouco mais sobre o que são produtos orgânicos a seguir, e descubra como seu consumo pode afetar sua saúde e, claro, de sua família.

O que é comida orgânica?

Os produtos orgânicos costumam ser bastante confundidos com os naturais.

Contudo, os alimentos naturais são aqueles que não contêm ingredientes ou aditivos artificiais, são os menos processados ​​possível e geralmente não precisam de certificação.

Por sua vez, produtos orgânicos são aqueles que foram cultivados sem agrotóxicos, fertilizantes e herbicidas artificiais.

Sua produção é feita em meio a práticas culturais, biológicas e mecânicas que contribuam para a sustentabilidade e conservem a biodiversidade, ou seja, que seus processos não afetem os solos ou a saúde de quem trabalha em suas lavouras.

Para o cultivo de vegetais, legumes e frutas, processos como fertilizantes sintéticos, irradiação e alteração genética não são permitidos.

Já os animais de corte para consumo como vacas, porcos e galinhas, são alimentados com grãos e outros alimentos livres de fertilizantes que não recebem hormônios ou aditivos que promovem seu crescimento de forma acelerada.

cesta organica salada alface rabanete pepino organicos

Quais os benefícios para a saúde que a comida orgânica pode trazer?

Por não estarem em contato com os produtos químicos contidos em fertilizantes, pesticidas e aditivos, são alimentos mais seguros e saudáveis.

Além disso, está provado que frutas e vegetais orgânicos têm até 40% mais antioxidantes, porque quando cultivados em solos balanceados com fertilizantes naturais, eles podem obter mais nutrientes do solo e menos componentes prejudiciais à saúde.

Da mesma forma, tem sido considerado como uma terapia alternativa para tratar o câncer, pois ajuda a melhorar e fortalecer o sistema imunológico.

Por outro lado, servem para melhorar a fertilidade, uma vez que o consumo de produtos químicos e agrotóxicos afeta a fertilidade de homens e mulheres.

Portanto, de maneira resumida, os principais benefícios do uso de produtos orgânico que podemos citar são:

  • Cuidam do meio ambiente, pois esses produtos não sofrem intervenção de fungicidas, pesticidas, herbicidas ou outros produtos químicos em nenhum de seus processos, portanto a produção de alimentos orgânicos ajuda a evitar o efeito estufa.
  • Eles têm um impacto positivo na saúde das pessoas que os consomem.
  • Respeitam os tempos de desenvolvimento das plantas, o que ajuda as verduras, frutas e vegetais a obterem as maiores concentrações de minerais e vitaminas.
  • Não contêm produtos químicos ou sintéticos que coloquem em risco a saúde das pessoas.
  • Sementes transgênicas não são utilizadas em sua produção.
  • Quanto à carne orgânica, há benefícios não só para os animais, mas para quem irá consumi-la ao final do processo.
  • A criação dos animais é feita à moda antiga e eles não estão sujeitos a nenhum tipo de estresse. Não são injetados hormônios de crescimento ou antibióticos, que no final também acabam sendo prejudiciais para quem consome esse tipo de carne.
  • Além disso, a carne orgânica é processada da forma menos intrusiva possível e é livre de aditivos e radiação.
  • Eles são mais saudáveis porque contêm mais nutrientes.

Como reconhecer produtos orgânicos?

Para que um produto seja considerado orgânico, todo o seu processo deve ser certificado e conter um rótulo / selo indicando que é cultivado em condições ideais para ser credenciado como tal.

Alguns deles são 100% orgânicos, o que significa que não contêm ingredientes ou processos não orgânicos.

Quando o rótulo indica apenas a palavra “Orgânico”, é porque apenas 95% deste produto é, se o percentual for inferior a 95%, o rótulo deve indicar que é feito com produtos orgânicos e indicar a composição, para que o consumidor tenha clareza sobre o produto que está escolhendo.

cesta organica pimentoes couve

As safras orgânicas também ajudam o meio ambiente

Quando cultivados sem a intervenção de produtos químicos prejudiciais, eles melhoram a estrutura do solo e reduzem o risco de erosão.

Os fortes fertilizantes e agrotóxicos das plantações tradicionais podem destruir grande parte da atividade micobacteriana do solo, que normalmente ajuda as plantas a absorver mais minerais do solo e, assim, se tornarem mais nutritivas.

Além disso, essas culturas contribuem para o cuidado do meio ambiente e ajudam a prevenir o aquecimento global, uma vez que a agricultura convencional é responsável por 1/5 das emissões de gases que afetam a camada de ozônio.

A agricultura orgânica reduz os gases de efeito estufa, protege a superfície da Terra e combate às mudanças climáticas.

Conclusão

Como você pode ver, o consumo de alimentos orgânicos oferecem diversos benefícios para a saúde e também para o meio ambiente.
Portanto, adotar práticas que incentivem o maior consumo desses produtos é uma tendência em crescimento por todo o mundo.
Se você gostou dessas dicas, compartilhe para que mais pessoas conheçam os reais benefícios que a comida orgânica pode trazer. Um grande abraço e até mais.



×