Garanta já sua Assinatura. Cupom de 10% desconto "fevereiro10".

O Que Você Deve Saber Sobre Rúcula

Uma salada verde crucífera, a rúcula oferece um sabor distinto e pode ter propriedades de combate ao câncer.

A rúcula é uma verdura apimentada e de sabor distinto, originária da região do Mediterrâneo. Também é conhecido como rúcula, rúcula para salada e agrião italiano. A rúcula é um membro da família Brassica, ou Crucífera. Esta classificação inclui principalmente vegetais crucíferos, como couve de Bruxelas, couve, couve-flor e brócolis.

Quais são os benefícios da rúcula?

A popularidade da rúcula tem tanto a ver com seus benefícios à saúde quanto com seu sabor. Um estudo cita a rúcula como sendo particularmente rica em agentes de combate ao câncer.

Este delicioso verde é um alimento rico em nutrientes, rico em fibras e fitoquímicos. A rúcula tem baixo teor de açúcar, calorias, carboidratos e gordura. É rico em vários nutrientes vitais. Esses incluem:

  • Cálcio, que ajuda o sangue a coagular normalmente. Também é necessário para a saúde óssea, dentária, função muscular e função nervosa.
  • Potássio, um mineral e um eletrólito vital para o funcionamento do coração e dos nervos. Também ajuda os músculos a se contraírem normalmente. O potássio ajuda a reduzir os efeitos negativos do sódio e, por esse motivo, pode ser benéfico para pessoas com pressão alta.
  • Folato, uma vitamina B. Ajuda a apoiar a produção de DNA e outros materiais genéticos. É particularmente importante para mulheres que estão grávidas ou que planejam engravidar. A deficiência de folato em mulheres grávidas pode causar espinha bífida, um defeito do tubo neural.
  • Vitamina C, um poderoso antioxidante que ajuda a apoiar o sistema imunológico. Também conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C é importante para a saúde dos tecidos e a absorção do ferro dos alimentos.
  • Vitamina K, que ajuda na coagulação do sangue. Se você precisar de um anticoagulante prescrito, como a varfarina (Coumadin), discuta a ingestão de vitamina K com seu médico antes de mudar seus hábitos alimentares.
  • Vitamina A, o termo genérico para um grupo de retinóides solúveis em gordura. A vitamina A é um poderoso antioxidante que apoia a função imunológica, o crescimento celular, a visão noturna e a saúde ocular geral. Também funciona para ajudar a manter as funções renais, pulmonares e cardíacas.

Rúcula vs. outras verduras

Ao contrário de muitas saladas verdes de sabor mais sutil, a crocância altamente distinta e apimentada da rúcula acrescenta um toque especial às saladas e outros pratos frios. Assim como a salsa, pode ser mastigada para ajudar a combater o hálito azedo.

A rúcula pode ser usada além ou no lugar da maioria dos tipos de alface e ervas. Ele também possui um formato de folha distinto. As flores, sementes e folhas da rúcula são todas comestíveis.

cesta organica alimentacao funcional abacate tomate rucula limao siciliano

5 Benefícios da Rúcula Comprovados por Pesquisas

1. Pode suprimir a inflamação

A rúcula contém isotiocianatos e 3-carbinol, que pesquisas mostram que podem suprimir a produção de inflamação no corpo. De acordo com um artigo de revisão de 2020 publicado na Frontiers, os pesquisadores observam que esses compostos bioativos ajudam a suprimir a inflamação e a controlar o estresse oxidativo; especialmente quando a síndrome metabólica é uma das principais causas de morte em todo o mundo.

A rúcula foi incluída como parte de uma dieta antiinflamatória para pessoas com artrite reumatóide (AR) em um estudo de 2020. A rúcula fazia parte da ingestão diária de folhas verdes, e os pesquisadores descobriram que uma dieta variada era mais útil na redução dos sintomas de inflamação do que focar na adição ou redução de um ingrediente sozinho.

2. É bom para a saúde óssea

A vitamina K ajuda na absorção do cálcio pelos ossos e dentes, mas faz muito mais. Estudos mais antigos mostraram que a vitamina K ajuda a aumentar a densidade mineral óssea em pessoas com osteoporose, reduzindo as taxas de fraturas. O Harvard T.H. A Escola de Saúde Pública Chan discute descobertas recentes semelhantes: o Estudo de Saúde das Enfermeiras sugeriu que as mulheres que tomam 100 mcg de vitamina K diariamente têm 30% menos probabilidade de quebrar um quadril, por exemplo. No entanto, a escola salienta que outros fatores devem ser considerados, como a falta de cálcio ou vitamina D.

As deficiências de vitamina K são raras, mas os medicamentos antibióticos podem esgotar a vitamina K no corpo. Alimentos com alto teor de vitamina K são mais facilmente absorvidos quando consumidos com gorduras saudáveis, como azeite ou abacate.

3. É bom para o sistema imunológico e para o desenvolvimento geral

A rúcula é rica em vitamina A, um micronutriente essencial para apoiar o sistema imunológico e ajudar o corpo a crescer e se desenvolver. A vitamina A é um elemento-chave na manutenção da visão e na promoção da divisão celular e de um sistema reprodutivo saudável. Desempenha um papel nas funções imunomoduladoras e na tolerância, o que pode ser um grande benefício para pessoas com doenças autoimunes.

4. É uma escolha sólida para cuidados pré-natais

As gestantes que procuram alimentos ricos em folato (uma vitamina B solúvel em água) devem incluir rúcula em sua dieta. Foi demonstrado que o folato reduz a ocorrência de alguns defeitos mentais em recém-nascidos, mas também é intrínseco ao desenvolvimento do feto. Recém-nascidos de até seis meses necessitam de 65 mcg de folato, e isso aumenta à medida que a criança cresce. Além de laticínios e frutos do mar, as folhas verdes (como a rúcula) são ricas em ácido fólico.

5. É rico em antioxidantes que combatem o câncer

A rúcula contém carotenóides e flavonóides, antioxidantes que reduzem o estresse oxidativo e podem ajudar a combater o câncer e prevenir doenças crônicas. O Harvard T.H. A Escola de Saúde Pública Chan cita que altas doses de antioxidantes não conseguem realizar esse feito sozinhas. No entanto, uma dieta rica em antioxidantes pode ser uma medida preventiva poderosa.

Por exemplo, um estudo de caso-controlo na China descobriu que os flavonóides de frutas e vegetais podem estar associados a uma diminuição do risco de cancro colorrectal. Os investigadores estudaram 1.632 casos elegíveis de cancro colorrectal através de entrevistas pessoais durante quase cinco anos, em paralelo com igual número de controlos.

O British Journal of Medical Practitioners também cita evidências internacionais da promessa destes fitoquímicos no combate ao cancro. Os pesquisadores afirmaram que aqueles que consomem alimentos ricos em fitoquímicos também apresentam menor risco de recaída após o tratamento do câncer.

A rúcula pode ser ruim para você?

A rúcula só faz “ruim para você” se você estiver tomando um medicamento anticoagulante. Tenha cuidado com quaisquer alimentos ricos em vitamina K, como a rúcula.

A rúcula também tem um teor de oxalato mais baixo do que outras folhas de mostarda, por isso é mais seguro comer do que beldroegas ou espinafre se estiver grávida ou amamentando. Verifique com seu médico.

Como Usá-la

A rúcula é deliciosa crua e pode ser usada como complemento saudável para pizzas, nachos, sanduíches e wraps.

Pode ser servido como salada com nada mais do que um fiozinho de azeite virgem extra, sal e pimenta.

Também é uma excelente base para receitas de saladas mais substanciais. Experimente adicionar tomate cereja, frango grelhado e nozes à rúcula para obter uma refeição rica em proteínas e com poucas calorias.

O formato e o sabor da folha da rúcula também a tornam um complemento interessante para saladas de frutas cítricas e frutas vermelhas.

A rúcula pode ser usada como alternativa ao manjericão para fazer pesto quente ou frio.

Quando a rúcula é cozida, ela perde um pouco do seu toque apimentado, tornando-se mais suave no sabor.

VEJA TAMBÉM: Melhores Fontes de Proteína para Veganos e Vegetarianos

cesta organica rucula

Leia Também

Quero receber Ofertas por email.