Garanta já sua Assinatura. Cupom de 10% desconto "fevereiro10".

Maracujá – Quais São os Benefícios para Saúde?

O maracujá é fruta pequena e tropical que vem de um tipo de flor de maracujá. E tem uma casca dura não comestível, quando cortado, revela um centro de sementes amarelo, e suculento, que é comestível.
A variedade mais comum vista no Reino Unido, por exemplo, é um maracujá redondo, um pouco maior do que uma bola de golfe, que tem uma casca de exterior roxo e marrom. Pode também ter uma variedade que é um pouco maior e amarela no exterior. E a fruta tem um sabor doce e azedo, e pode ser adicionada no café da manhã, smoothies, saladas e sobremesas.

Valor Nutricional do Maracujá

Apesar de ser pequeno e apenas as sementes serem comestíveis, o maracujá é muito nutritivo. Um maracujá, com aproximadamente 18 g, oferece:

  • 17 calorias
  • 0.4 g de proteína
  • Gordura insignificante
  • 2.3 g de carboidrato
  • 1.9 g de fibra
  • 62 mg de potássio
  • 229 IU de vitamina A
  • 5 mg de vitamina C
  • 2.2 mg de cálcio
  • 5.2 mg de magnésio

Quais São os Benefícios do Maracujá?

São os benefícios do maracujá para saúde:

  • Pode ajudar o tratamento da diabetes.
  • Maracujá pode regular pressão arterial e proteger o coração.
  • Pode auxiliar a reduzir risco de câncer.
  • Maracujá pode melhorar imunidade.
  • Pode melhorar a saúde digestiva.
  • Maracujá pode melhorar a pele.
  • Pode melhorar a saúde cognitiva e reduzir ansiedade.
  • Maracujá pode fortalecer os ossos.
  • Pode auxiliar a tratar doenças respiratórias.
  • Pode auxiliar a dormir.
  • Maracujá pode melhorar a circulação do sangue.
  • Pode ser benéfico durante a gravidez.
  • Maracujá pode ajudar a emagrecer.

cesta organica segurando maracuja no pe

Maracujá Pode Ajudar o Tratamento de Diabetes

O índice glicêmico baixo e o teor alto de fibra da fruta podem torna-la benéfica para pessoas com diabetes. A fruta é também rica em pectina, um tipo de fibra que mantém a pessoa cheia sem aumentar a ingestão calórica. Seu teor alto de fibra assegura que o açúcar da fruta seja vagarosamente absorvido na corrente sanguínea.

Isso evita picos de açúcar e vontade exagerada. Estudos mostram que o maracujá pode ser usado como suplemento dietético para tratamento de diabetes devido ao seu potencial hipoglicemiante. A fruta pode também reduzir níveis séricos de colesterol e melhorar o funcionamento da insulina, reduz a resistência para insulina.

Maracujá Pode Regular a Pressão Arterial e Proteger o Coração

O maracujá é também rico em potássio, um mineral importante que regula os níveis de pressão arterial. O potássio relaxa os vasos sanguíneos e melhora o fluxo de sangue. Isto diminui a tensão cardíaca e melhora a saúde cardíaca geral.

Um estudo com rato diz que o extrato da casca de maracujá pode ser usado como um remédio para hipertensão. Mas, mais pesquisa é necessária para entender o efeito do extrato da casca no controle da pressão arterial em humanos. O piceatannol no maracujá pode ajudar a diminuir níveis de pressão arterial.

Pode Ajudar a Reduzir Risco de Câncer

O maracujá é cheio de antioxidantes que combatem radicais livres que causam câncer. E também contém vitamina A, flavonoides, e outros compostos fenólicos. Estes podem ajudar em prevenção de câncer.
A flor de maracujá contém crisina, um composto que mostrou atividades anticancerígenas. Piceatannol, outro composto importante na fruta, foi descoberto a matar células de câncer colorretal. A fruta também contém vitamina C. Vitamina C é um antioxidante poderoso que pode combater radicais livres e pode reduzir risco de câncer.

Maracujá Pode Melhorar Imunidade

O maracujá contém vitamina C, caroteno, e criptoxantina, estes nutrientes ajudam a melhorar o sistema imunológico. A vitamina C também estimula a atividade de glóbulos brancos. Isso resulta em sistema imunológico mais forte e proteção de doenças comuns.

VEJA TAMBÉM: Frutas do Verão

Pode Melhorar a Saúde Digestiva

O maracujá é uma adição ideal para dieta favorável digestiva, já que é uma boa fonte de fibra. A fruta contém fibra solúvel, em sua polpa e casca. A fibra dietética atua como um laxante e melhora o movimento intestinal. A fibra também auxilia a prevenir constipação e reduz níveis totais de colesterol por excretar através das fezes.

cesta organica maracujas maduros

Maracujá Pode Melhorar a Pele

A fruta é uma boa fonte de vitamina A, um nutriente que é particularmente benéfico para a pele. Os outros antioxidantes na fruta, como vitamina C, riboflavina e caroteno, também melhoram a saúde da pele e retardam os sinais de envelhecimento prematuro. O maracujá é rico em piceatannol que pode ter efeito antiidade. No entanto, a pesquisa concreta nesta área é limitada. Mais estudos em humanos são necessários.

Maracujá Pode Melhorar Saúde Cognitiva e Reduzir Ansiedade

O potássio e folato no maracujá desempenham um papel aqui. Enquanto o potássio melhora o fluxo de sangue e cognição, o folato ajuda a prevenir Alzheimer e declínio cognitivo. Algumas fontes dizem que a flor de maracujá pode ajudar a reduzir ansiedade. A fruta contém antioxidantes que combatem inflamação. E pode também ter algum efeito de alívio na ansiedade.

Pode Ajudar a Dormir

A fruta contém harman, que pode ter propriedades sedativas. Evidência anedótica sugere que a fruta pode ajudar a tratar insônia e inquietação. No entanto, a pesquisa é limitada, e mais informação é necessária.

Maracujá Pode Auxiliar a Emagrecer

A fibra na fruta pode manter a pessoa mais cheia por mais tempo. No entanto, não há direta pesquisa dizendo que o maracujá pode ajudar a emagrecer. É possível incluir como parte da dieta de emagrecimento. O maracujá é cheio de nutrientes essenciais e outros antioxidantes.

Possíveis Desvantagens do Maracujá

O maracujá é perfeitamente seguro para comer para maioria das pessoas, mas alergias ocorrem em número pequeno de pessoas. Aqueles com alergia ao látex parecem estar mais em risco de alergia de maracujá. É porque algumas das proteínas da planta na fruta têm uma estrutura similar a das proteínas de látex, que pode desencadear uma reação alérgica em algumas pessoas. A casca roxa do maracujá também contém químicos chamados glicosídeos cianogênicos.

Estes podem combinar com enzimas para formar o cianeto venenoso e são potencialmente venenosos em quantidades grandes. No entanto, a casca exterior dura da fruta não é geralmente consumida e normalmente considerada não comestível.

cesta organica maracuja cortado sobremesa

Leia Também

Quero receber Ofertas por email.