Garanta já sua Assinatura. Cupom de 10% desconto "fevereiro10".

Benefícios Comprovados do Gengibre

O gengibre pode ter inúmeros benefícios para a saúde devido às suas propriedades anti-inflamatórias, anti-náuseas e outras. Pode ajudá-lo a perder peso, controlar a artrite, reduzir os sintomas menstruais e muito mais.

O gengibre vem de uma planta com flor originária do Sudeste Asiático. Acrescenta sabor a alimentos doces e salgados e tem uma série de benefícios para a saúde. Pertence à família Zingiberaceae e está intimamente relacionada com açafrão, cardamomo e galanga.

O rizoma (parte subterrânea do caule) é a parte comumente usada como tempero. Muitas vezes é chamado de raiz de gengibre ou, simplesmente, gengibre.

Você pode usá-lo fresco, seco, em pó ou como óleo ou suco. Ele aparece em muitas receitas, bem como em alimentos processados, remédios caseiros e cosméticos.

Quais São os Benefícios Para a Saúde do Gengibre?

Aqui estão alguns benefícios para a saúde que são apoiados por pesquisas científicas.

1. Contém Gingerol, Que Possui Potentes Propriedades Medicinais

O gengibre tem uma longa história de uso em várias formas de medicina tradicional e alternativa. Tem sido usado para ajudar na digestão, reduzir náuseas e ajudar a combater a gripe e o resfriado comum, para citar alguns de seus propósitos.

A fragrância e o sabor únicos vêm de seus óleos naturais, sendo o mais importante o gingerol.

Gingerol é o principal composto bioativo. É responsável por muitas das propriedades medicinais do gengibre.

Gingerol tem poderosos efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes, de acordo com pesquisa. Por exemplo, pode ajudar a reduzir o estresse oxidativo, que resulta do excesso de radicais livres no corpo.

2. Pode Tratar Enjôos Matinais e Outras Formas de Náusea

Pode ser eficaz contra náuseas, incluindo náuseas relacionadas à gravidez, comumente conhecidas como enjôos matinais.

Pode ajudar a aliviar náuseas e vômitos em pessoas submetidas a certos tipos de cirurgia e também pode ajudar a reduzir as náuseas relacionadas à quimioterapia.

Embora geralmente seguro, é melhor conversar com um médico antes de tomar grandes quantidades se estiver grávida.

Pode não ser adequado durante a gravidez para pessoas que estão próximas do trabalho de parto e aquelas com histórico de perda de gravidez ou sangramento vaginal. Também pode ser inadequado para pessoas com distúrbios de coagulação.

3. Pode Ajudar na Perda de Peso

Pode desempenhar um papel na perda de peso, de acordo com estudos em humanos e animais.

Uma revisão de 2019 concluiu que a suplementação de gengibre reduziu significativamente o peso corporal, a relação cintura-quadril e a relação quadril em pessoas com sobrepeso ou obesidade.

A capacidade de influenciar a perda de peso pode ser devida a certos mecanismos, como seu potencial para reduzir a inflamação.

cesta organica cha gengibre limao

4. Pode Ajudar na Osteoartrite

A osteoartrite (OA) envolve a degeneração das articulações, levando a sintomas como dor e rigidez nas articulações.

Uma revisão concluiu que o gengibre pode ajudar a reduzir a dor e a incapacidade. Os participantes tomaram 0,5 a 1 grama de gengibre por dia durante 3 a 12 semanas, dependendo do estudo. A maioria tinha diagnóstico de OA de joelho.

No entanto, outra fonte confiável de pesquisa não encontrou evidências dos mesmos efeitos.

No entanto, muitos descontinuaram o tratamento porque não gostaram do sabor do gengibre ou porque incomodaram o estômago.

5. Pode Diminuir o Açúcar no Sangue e Melhorar os Fatores de Risco para Doenças Cardíacas

Algumas pesquisas sugerem que pode ter propriedades antidiabéticas.

Em um estudo de 2015, 41 pessoas com diabetes tipo 2 tomaram 2 gramas de gengibre em pó por dia.

Uma revisão de 2022 da Trusted Source encontrou uma redução significativa no açúcar no sangue em jejum e HbA1c em pessoas com diabetes tipo 2 após tomar suplementos de gengibre.

A revisão analisou os resultados de 10 ensaios, nos quais os participantes tomaram 1.200 a 3.000 miligramas (mg) por dia durante 8 a 13 semanas.

Os resultados não sugeriram que os suplementos de gengibre afetassem o perfil lipídico.

Após 12 semanas:

  • O açúcar no sangue em jejum foi 12% menor
  • Seus níveis de hemoglobina A1c (HbA1c) foram 10% mais baixos
  • Sua relação apolipoproteína B/apolipoproteína A-I foi 28% menor
  • Seus níveis de malondialdeído (MDA) foram 23% mais baixos

Uma alta proporção de apolipoproteína B/apolipoproteína A-I e altos níveis de malondialdeído (MDA) podem resultar do estresse oxidativo, um subproduto do estresse oxidativo. Ambos são fatores de risco para doenças cardíacas.

No entanto, este foi um pequeno estudo e mais pesquisas são necessárias para confirmar esses resultados.

Uma revisão de 2019 também encontrou evidências de que o gengibre pode reduzir a HbA1c em pessoas com diabetes tipo 2, mas os autores não concluíram que ele pode diminuir os níveis de açúcar no sangue em jejum.

6. Pode Ajudar a Tratar a Indigestão Crônica

O gengibre pode ajudar a controlar a indigestão, acelerando a passagem dos alimentos pelo estômago.

A dispepsia funcional ocorre quando uma pessoa tem indigestão – com sintomas como dor abdominal, inchaço, sensação de saciedade, arrotos e náusea – sem motivo claro. Muitas vezes ocorre com a síndrome do intestino irritável (IBS).

Em um estudo, os cientistas descobriram que consumir uma preparação de gengibre e alcachofra antes de comer uma refeição principal melhorou significativamente os sintomas de indigestão em pessoas com dispepsia funcional, em comparação com tomar um placebo.

7. Pode Reduzir a Dor Menstrual

O gengibre pode ajudar a aliviar a dismenorréia, também conhecida como dor menstrual.

Algumas pesquisas sugeriram que o gengibre é mais eficaz que o acetaminofeno/cafeína/ibuprofeno (Novafen) no alívio da dor menstrual.

No entanto, mais estudos são necessários.

VEJA TAMBÉM: Dieta da Menopausa – Como se alimentar e o que evitar

8. Pode Ajudar a Diminuir os Níveis de Colesterol

Altos níveis de colesterol LDL (ruim) estão associados a um risco aumentado de doença cardíaca.

Em uma revisão de 2022 de 26 estudos, os pesquisadores descobriram que o consumo de gengibre reduziu significativamente os triglicerídeos e o colesterol LDL, enquanto aumentava o colesterol HDL. Mesmo doses inferiores a 1.500 mg por dia foram eficazes.

No entanto, pode ser difícil incluir doses tão altas de gengibre em sua dieta, principalmente se você não gosta do sabor.

cesta organica gengibre raiz com planta

9. Pode Ajudar a Reduzir o Risco de Câncer

O gengibre pode ter propriedades anticancerígenas devido ao gingerol e vários outros compostos antioxidantes e anti-inflamatórios.

Há algumas evidências de que esses compostos podem ajudar a reduzir o risco de câncer gastrointestinal, como câncer colorretal, pancreático e de fígado.

Em um estudo, 20 pessoas com alto risco de câncer colorretal tomaram 2 g de gengibre diariamente por 28 dias. No final do estudo, o revestimento do intestino do participante mostrou menos alterações semelhantes ao câncer do que o esperado.

No entanto, a maioria dos estudos relacionados ao risco de câncer e gengibre não envolveu seres humanos.

VEJA TAMBÉM: Verduras e Legumes Ricos em Antioxidantes

10. Pode Melhorar a Função Cerebral e Proteger Contra a Doença de Alzheimer

Algumas pesquisas sugerem que 6-shogaol e 6-gingerol – compostos no gengibre – podem ajudar a prevenir doenças degenerativas, como Alzheimer, doença de Parkinson e esclerose múltipla.

O estresse oxidativo e a inflamação crônica podem ser os principais impulsionadores da doença de Alzheimer e do declínio cognitivo relacionado à idade.

Alguns estudos em animais sugerem que os antioxidantes e compostos bioativos do gengibre podem inibir as respostas inflamatórias que ocorrem no cérebro. Isso pode ajudar a prevenir o declínio cognitivo.

11. Pode Ajudar a Combater Infecções

As propriedades antimicrobianas do gengibre podem torná-lo útil para combater infecções bacterianas e fúngicas.

Estudos de laboratório descobriram que pode ser eficaz contra:

  • Staphylococcus aureus (S. aureus), que é responsável por uma série de doenças
  • Escherichia coli (E. coli), uma causa de infecções intestinais
  • Candida albicans (C. albicans), que causa infecções fúngicas na boca, vagina e assim por diante

Como Incorporar Mais Gengibre em Sua Dieta

Se você está se perguntando como comer gengibre para benefícios à saúde, há muitas maneiras de começar a incorporá-lo à sua dieta. Encontre o método que você gosta e adicione-o à sua rotina.

1. Chá de Gengibre

Uma das formas mais comuns de consumir gengibre é no chá. Para fazer chá, adicione pedaços picado ou fatiado à água e deixe em infusão.

Para adicionar mais sabor, inclua coisas como mel ou limão. Algumas marcas de saquinhos de chá pré-fabricados oferecem variedades de gengibre, embora possam não ser tão benéficas quanto o cru.

2. Apimentar Seus Alimentos

Adicione picado às refeições para colher os benefícios e adicionar sabor extra. Também funciona bem em refogados, sopas e caril. Você pode até adicionar gengibre a sobremesas ou smoothies.

3. Suco de Gengibre

Uma dose diária do suco é uma das maneiras mais convenientes de consumir gengibre. Você pode prepará-los em casa usando um espremedor.

Algumas pessoas até consomem cru para benefícios de saúde mais imediatos, se não precisam fazer uma refeição completa ou gostam de beber.

Riscos e Efeitos Colaterais

O gengibre é seguro para a maioria das pessoas consumir com moderação.

Em grandes doses, no entanto, pode causar os seguintes sintomas em algumas pessoas:

  • Desconforto abdominal
  • Azia
  • Diarréia
  • Irritação na boca e garganta

Provavelmente é seguro durante a gravidez e amamentação, mas é melhor falar primeiro com um profissional de saúde.

Perguntas Frequentes

É bom tomar gengibre todos os dias?

O gengibre é seguro para comer diariamente, mas os especialistas recomendam limitar-se a 3 a 4 gramas por dia – fique com 1 grama por dia se estiver grávida. Foi comprovado que tomar mais de 6 gramas por dia causa problemas gastrointestinais, como refluxo, azia e diarreia.

Qual é a maneira mais saudável de consumir gengibre?

Muitas das vitaminas e minerais do gengibre são sensíveis ao calor. Portanto, comer gengibre cru é a melhor maneira de aproveitá-lo ao máximo. Gingerol, o composto nutritivo e picante encontrado na raiz, é altamente concentrado em sua forma bruta.

O gengibre aumenta a testosterona?

Um estudo que envolveu 75 homens com idades entre 19 e 40 avaliou os efeitos da suplementação nos níveis séricos de testosterona. Após 3 meses de suplementação consistente, os homens apresentaram um aumento de 17,7% nos níveis de testosterona, o que é surpreendente, considerando que o gengibre é um ingrediente muito simples.

Devo beber gengibre à noite ou de manhã?

O chá de gengibre pode ser consumido a qualquer hora do dia. Funciona bem como um estimulante logo pela manhã, mas você também pode descobrir que ajuda depois de uma refeição para facilitar a digestão. Você pode adicionar limão fresco ou mel ou comprar saquinhos de chá com sabores diferentes, como limão e gengibre ou chá verde de gengibre.

O gengibre desintoxica seu corpo?

É usado na maioria dos programas de desintoxicação devido à sua capacidade de “limpar o corpo estimulando a digestão, a circulação e a transpiração. Suas ações digestivas podem servir para limpar o acúmulo de resíduos e toxinas no cólon, fígado e outros órgãos.”

cesta organica gengibre cortado

Leia Também

Quero receber Ofertas por email.